Prefeitos da região se reúnem em Assembleia

Os prefeitos da AMAU se reuniram, na tarde de quinta-feira, 03 de agosto, para discutirem demandas regionais durante Assembleia Ordinária realizada na sede administrativa da instituição.
O presidente da entidade e prefeito de Jacutinga, Beto Bordin, que conduziu a reunião apresentou os assuntos em pauta e destacou as ações que a AMAU está realizando, como o grande evento organizado pelas Primeiras Damas, em parceria com o Banco de Sangue e Unimed, com a promoção “Eu ajudo a salvar vidas”. Também, os cursos promovidos na região para os funcionários das Prefeituras, mencionou as parcerias com as entidades (Credenor, Agência de Desenvolvimento, Brigada Militar, Universidades, Coordenadorias, entre outras).
O assunto inicial foi sobre os trabalhos da Agência de Desenvolvimento do Alto Uruguai. O presidente da entidade Eduardo Predebon apresentou as iniciativas realizadas no primeiro semestre de 2017, as iniciativas programadas para o segundo semestre e destacou as metas que começam a ser desenhadas. Na oportunidade apresentou o novo diretor executivo, Jalmir Batistelli.
Em seguida, o presidente do Conselho Regional de Desenvolvimento do Norte do Estado (Credenor), Paulo José Sponchiado, reforçou a importância do processo da Consulta Popular. Segundo Sponchiado, a maioria dos municípios da região deve atingir o percentual mínimo de 6% do eleitorado, garantindo assim, o repasse de recursos, que deverão estar incluídos no orçamento de 2018. O resultado final da Consulta Popular, com as demandas eleitas, será conhecido pela população no dia 10 de agosto.
– Ainda, Paulo Sponchiado destacou que juntamente com o prefeito de Ipiranga do Sul Mario Ceron, fazem parte do Comitê da BR 153, um grupo com representantes das regiões do Alto Uruguai e Planalto, que busca uma solução para a BR153 e a 285. Entre vários encontros e os estudos realizados para viabilização, o próximo passo será uma audiência neste mês de agosto em Brasília com o General do Exército, superintendência do DNIT, prefeitos e a bancada gaúcha da Câmara dos Deputados, onde será entregue a proposta.
Outro assunto tratou do Videomonitoramento e do Projeto Novo Rumo da Brigada Militar apresentados pelos representantes do 13º Batalhão de Polícia Militar (BPM). O capitão Maurício Detoni falou sobre o Projeto Sentinela, o novo sistema de videomonitoramento de Erechim, que poderá ser instalado nos municípios da região, conforme o interesse dos prefeitos. Além de auxiliar a Brigada Militar, será uma ferramenta chave para as investigações da Polícia Civil. Até o momento foram aplicados cerca de 400 mil reais.
O major Uilson Cecconello apresentou o projeto de georreferenciamento rural, Programa Agronegócio Seguro, denominado Novo Rumo. É uma estratégia do 13º BPM que busca a otimização da segurança pública, através da prevenção e o combate de delitos no meio rural. É um trabalho de mapeamento de vias não pavimentadas e cadastramento do todas as propriedades rurais da área de ação do batalhão, que abrange os municípios da região. Também, permite a localização exata das propriedades e agilidade no atendimento das ocorrências. A propriedade recebe uma placa de identificação que é cadastrada no GPS e quando necessário o deslocamento até a propriedade, os policiais vão saber o local que foi solicitado à guarnição. Os municípios de Ipiranga do Sul, Erebango e Quatro Irmãos o projeto já está em funcionamento. O investimento é de R$ 2 mil para dois equipamentos de GPS, que pode ser feito pela Prefeitura através do Consepro e R$ 50 reais por propriedade para as placas de identificação.
Na reunião foi apresentada a Clínica Psiquiátrica Recupperar, que atende em Passo Fundo. A administradora, Luciana Argenta e o consultor terapêutico, Juliano de Oliveira, explicaram como funciona a casa, os atendimentos as pessoas que sofrem com o transtorno por uso de substâncias psicoativas (drogas) e doenças relacionadas (transtorno bipolar, depressão, esquizofrenia, entre outros). A clínica é especializada e conta com tratamento completo por uma equipe multiprofissional.
E por fim, o diretor do Instituto Federal Campus de Sertão, Odair Spenthof, falou da implantação do curso de Medicina Veterinária. Apresentou aos prefeitos toda estrutura que compõe o IFRS e as justificativas para que seja implantado este curso. “Neste momento é importante à mobilização e o apoio dos prefeitos”, pediu o diretor Odair.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: